Resenha ::: Loma Prieta / Self Portrait

Publicado em 05 ago 2016

lpLoma  Prieta – Self Portrait

Gravadora:Heart Bleeds Blue

Nota: 8,5

Sabe o que me agrada em um selo?

Culhão pra lançar coisas novas, e é justamente isso o que faz o selo paulista Heart Bleeds Blue, lança bandas que não são conhecidas por aqui e que jamais chegariam se não fosse pela ousadia e inovação em apostar em boas bandas mas sem grande apelo ao publico

O Loma Prieta faz parte do que acabei de citar acima uma banda caótica, barulhenta e proporcionalmente perturbada, seu som remete a bandas como Unsane, Impell, Glassjaw, vocais esganiçados, microfonia e tipicamente convidativo para acordar seu vizinho chato numa manha de domingo.

Momento curiosidade: o nome da banda é  inspirado em um terremoto de mesmo nome, que assolou a california em 1989 e Self Portait é o quinto trabalho do grupo, banda potente mas que numa segunda audição se torna mais digerível e chega a ser possível perceber melodias por baixo de toda essa camada de distorções e efeitos

Não conhecia o Loma Prieta mas foi amor a primeira audição, recomendo a todos e para aqueles que não gostaram de primeira, ouçam de novo.

Faixas recomendadas por este que vos escreve: “Love”, “Satellite” e “Nostalgia”.