Reckless Road – FOTOGRAFIAS / Guns N’ Roses / EDITORA MADRAS

Publicado em 13 ago 2013

Quando surgiram, os Guns N’Roses tornaram-se rapidamente um sucesso e cativaram jovens das décadas de 80 e 90. Algumas de suas canções, como “November Rain” e “Patience” tornaram-se hinos, além de terem seus videoclipes lembrados até hoje.
A trajetória da banda é contada por Marc Canter em “Reckless Road – Guns N’Roses”. Ele começou em 1982, ainda na adolescência, quando documentou como fotógrafo amador o início de carreira do amigo Saul Hudson, que viria a se tornar o lendário Slash.
Isso garante ao livro, também, o making of do álbum “Apetite for Destruction”. A documentação abrange o período de junho de 1985, quando eles fizeram sua primeira apresentação juntos, até 1987, no último show antes da turnê internacional como músicos famosos.
Fotografias e relatos se juntam a filipetas de show, ingressos, canhotos, listas de músicas de palco, recortes de matérias da imprensa e letras de música escritas à mão para contar o surgimento desta banda que marcou o rock.
O livro é divido de acordo com os álbuns lançados e cada capítulo revela o momento do grupo e quando cada canção foi tocada pela primeira vez.
Leia abaixo o prefácio assinado por Slash:
Mark e eu nos tornamos amigos quando eu roubava sua minibicicleta. Provavelmente, eu inventei uma desculpa esfarrapada e consegui amaciar um pouco a porrada e, em seguida, conseguimos chegar a um diálogo normal. Começamos a sair juntos. Frequentamos juntos a 5ª, 6ª, 7ª séries e seguimos no ensino fundamental, sendo realmente bons amigos – até os dias de hoje.
Ele é meu melhor amigo; um dos únicos bons amigos que é consistente. Não consigo expressar em palavras o que faz Marc ser a pessoa que é – ele é uma figura por si só.

Ele é realmente um bom e leal amigo, e sempre tivemos muitos interesses em comum; eu gostava de bicicletas e ele gostava de bicicletas. Muitas coisas em que eu me envolvia, ele já estava envolvido.
Marc sempre foi um bom fotógrafo. Sempre guardava muitas fotos. Quando crescemos, Marc se tornou um grande fã da banda Aerosmith e começou a colecionar as entrevistas das revistas, fotos e todo tipo de raridade que encontrava do grupo. Então, imagino que em um determinado momento ele passou a criar um álbum de colagem com coisas que eu estava fazendo quando comecei a montar bandas.
Ele sempre carregava uma câmera. Marc vivia trabalhando à surdina, e eu nunca prestava muita atenção porque sabia que ele sempre guardava as fotos e mantinha os álbuns de colagem de tudo. É o jeito do Marc, e isso é maravilhoso. Gostaria de ser do mesmo jeito. Eu teria uma memória mais esclarecida sobre meu passado. Não há uma pessoa melhor para lançar qualquer material que tenha a ver com o início e a história do Guns N’ Roses e até onde chegou, e o que rolava nos bastidores.

I.S.B.N.: 9788537006726

Cód. Barras: 9788537006726

Reduzido: 3530140

Altura: 27 cm.

Largura: 20,7 cm.

Profundidade: 2 cm.

Acabamento : Brochura

Edição : 1 / 2011

Idioma : Português

Número de Paginas : 352