ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017
Website by Joao Duarte - J.Duarte Design - www.jduartedesign.com

ABBA The Show – a Tribute to ABBA” ::: 08/08/18 ::: ESPAÇO DAS AMÉRICAS
Postado em 12 de agosto de 2018 @ 16:47 | 406 views


Texto: Ricardo Yasuda

Fotos: Edi Fortini

Agradecimentos: Espaço das Américas (Estela / Fabiana)

A banda sueca ABBA, ou melhor, o tributo “The Show – a Tribute to ABBA” esteve no Espaço das Américas, depois de 7 anos sem fazer shows no Brasil, nesta quarta-feira, 8 de agosto.

O ABBA foi um dos grupos de maior sucesso dos anos 70, com um estilo que ia do disco ao pop rock, formado pelos casais BjörnUlvaeus e AgnethaFältskog, e Benny Andersson e Anni-Frid “Frida” Lyngstad, que acabou quase ao mesmo tempo que seus casamentos.

“The Show – a Tribute to ABBA” é composto pela banda sueca Waterloo, criada por Camilla Dahlin e KatjaNord, que assumem os papéis de Agnetha e Frida no espetáculo, e por membros da Orquestra Sinfônica Nacional de Londres. Nessa turnê, Katja não está presente, sendo substituída por Jessica Stendahl. Ainda participam do show alguns instrumentistas que tocaram com o ABBA ao longo da carreira. Em São Paulo, veio o saxofonista Ulf Andersson.

A casa estava lotada, com quase todas as mesas ocupadas. O show começou com um atraso de cerca de meia hora. A banda entrou ao som de “Summer Night City”. Todos estavam de branco, num figurino muito parecido com o original. Ao final da música, a banda agradeceu a recepção e disse que já faziam 7 anos desde a última apresentação deles no Brasil – “faz muito tempo”. O maior público deles foi em 2010, na Virada Cultural de São Paulo – cerca de 70 mil pessoas na Praça Julio Prestes.

O começo teve alguns contratempos técnicos, principalmente com os volumes dos microfones, mas tudo foi estabilizado em pouco tempo. Na terceira música, “I Do, I Do, I Do, I Do, I Do”, a banda chamou o saxofonista Ulf Andersson, que continuou na flauta para “Fernando”. Camilla chamou o público para cantar o refrão, o que a plateia fez timidamente, praticamente só saía o ‘Fernando’.

Depois eles fizeram um medley acústico, que segundo eles era do filme “Mamma Mia – HereWe Go Again”. Aliás, a data do show não poderia ser melhor: o filme estreou na semana passada no Brasil, então havia diversas propagandas dele pela casa, inclusive passando o trailer antes do show. O medley tinha músicas que são cantadas no filme, como “SlippingThroughMyFingers”, “HoneyHoney”, “SOS” e “OurLast Summer”.

Em “Chiquitita”, que foi cantada em espanhol, foi mencionado que os royalties dessa música são doados para a UNICEF desde 1979. Depois de “Mamma Mia”, que obviamente enlouqueceu a plateia, a banda chamou ao palco o coral de crianças da ONG Casa dos Curumins para cantar “I Have a Dream” com eles. Esse coral iria se apresentar na televisão junto com a banda no domingo, mas não foi possível por problemas técnicos. Desta vez, apesar dos microfones baixos, a apresentação correu sem problemas.

Continuando com as performances emocionantes, houve um mashup de “The WinnerTakes It All” e “One Man, OneWoman”, cada música interpretada por uma das vocalistas. As duas músicas falam sobre desgastes nos relacionamentos, e muitos acreditam que elas se tratam dos relacionamentos dos próprios membros da banda, o que já foi negado pelos mesmos.

Depois de toda essa emoção, as duas vocalistas saíram do palco e os vocais ficaram com o “Björn” da banda, que cantou “Does YourMotherKnow”, junto com as backing vocals. Nessa música ainda houve um “duelo” de saxofones, com Ulf e o outro saxofonista.

Os hits continuaram – “Waterloo”, “Knowing Me, KnowingYou”, “Money, Money, Money”, por exemplo. “Gimme!Gimme!Gimme! (A Man AfterMidnight)” foi tocada bem na virada da meia noite. Coincidência?

O show terminou com “SuperTrouper” e “SoLong”, mas eles voltaram logo – parte da banda nem saiu do palco – para tocar “Dancing Queen” e “ThankYou For The Music”, mais uma vez com o coral da ONG Casa dos Curumins.

A produção do show é muito bem-feita, inclusive com os figurinos muito parecidos com os que o ABBA usava nos anos 70. As performances vocais são outro destaque – muitas vezes você achava que não se tratava de uma banda cover. Inclusive tinha muita gente entre o público que acreditava que era a banda original. Acho que eles não se decepcionaram.

 

  1. Summer Night City
  2. Take a Chance on Me
  3. I Do, I Do, I Do, I Do, I Do
  4. Fernando
  5. Medley acústico do filme (SlippingThroughMyFingers /Honey,Honey / SOS / OurLast Summer)
  6. Chiquitita
  7. The Nameofthe Game
  8. Voulez-Vous
  9. OnandOnandOn
  10. Mamma Mia
  11. I Have a Dream
  12. The WinnerTakes It all / One Man OneWoman
  13. Does YourMotherKnow
  14. Waterloo
  15. Knowing Me, KnowingYou
  16. Money, Money,Money
  17. Gimme!Gimme!Gimme! (A Man AfterMidnight)
  18. SuperTrouper
  19. SoLong
  20. Dancing Queen
  21. ThankYou for the Music
Notícias · Shows



Deixe seu comentário / Leave your comment





1 User Online
 
ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017