ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017
Website by Joao Duarte - J.Duarte Design - www.jduartedesign.com

GOLPE DE ESTADO ::: 10/06/17 :::CLASH CLUB
Postado em 15 de junho de 2017 @ 16:03 | 1.103 views


Texto e fotos: Edu Guimarães

Agradecimentos: Luciano Piantonni e Tiago Claro

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

Em outubro do ano passado os fãs do Golpe de Estado foram presenteados com algo que, até então, poucos acreditavam que seria possível: o ex-vocalistaCatalau novamente à frente da banda. O sucesso daquela apresentação e os pedidos dos fãsfizeram com que essa participação mais do que especial acontecesse novamente no último sábado, 10, na Clash Club, em São Paulo. Se não bastasse esse reencontro com Catalau, o show teve outro motivo para ser festejado.

 

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

A apresentação foi registrada para o futuro lançamento de um novo trabalho ao vivo – o segundo na discografia – desta vez celebrando as três décadas de carreira do Golpe de Estado. Além de tudo isso, neste show o grupo apresentou oficialmente na capital paulista sua nova formação, contando com João Luiz nos vocais. O vocalista já é bem conhecido do público pelo seu trabalho feito com o King Bird, com quem gravou dois discos e dois EPs, além de fazer parte do Casa das Máquinas desde 2010, entre outros projetos.

 

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

A festa – porque realmente foi mais do que um show – ainda contou com Rogério Fernandes, do Carro Bomba, que por duas vezes na história da banda esteve no comando dos vocais. Além dos três cantores se revezando no palco, também participaram do show os guitarristas Luiz Carlini, do Tutti-Frutti, e Andreas Kisser, do Sepultura.

 

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

Com o palco vazio, se destacava bem no centro uma guitarra de duas cores, bem conhecida dos fãs da banda. Era uma das que pertenciam ao saudoso e querido Hélcio Aguirra. E foi segurando este instrumento que o baixista Nelson Brito deu início ao show, indo até o microfone e pedindo licença ao público para deixá-lo ali, encostado no elevado da bateria, em homenagem ao falecido parceiro.

 

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

Em seguida Luiz Calanca, proprietário da loja e selo Baratos Afins e antigo parceiro do grupo, também se dirigiu ao público com o instrumento nas mãos para prestar sua homenagem e dizer que aquela guitarra deveria estar em um museu devido a sua importância para o rock nacional, algo semelhante ao que ele havia dito na Virada Cultural de 2014, quando a banda fez um show especial em memória ao guitarrista, poucos meses após seu falecimento.

 

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

Por se tratar da gravação de um novo trabalho ao vivo, o repertório da apresentação foi longo e cheio de clássicos, como os fãs esperam. Claro que sempre tem aquela que fica de fora, como “Moondog”, que não foi contemplada nessa apresentação. Mas a noite começou com “Na Vida”, seguida de “Underground”. Logo na sequência o tecladista Mateus Schanoski assume seu posto para acompanhar a banda em “Noite de Balada”.

 

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

O disco “Direto do Fronte” (2012), último com Hélcio Aguirra, foi representado no show com a excelente “Feira do Rato”. “Zumbi”, “Paixão” e “Filho de Deus” encerram a primeira parte e na sequência João Luiz chama Rogério Fernandes ao palco. Juntos os vocalistas cantam “Quantas Vão”. João deixa o microfone para Rogério cantar “Todo Mundo Tem Um Lado Bicho”.

 

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

Depois de mais duas músicas, chega o momento que os fãs esperavam ansiosos e André Marechal, vulgo Catalau, é chamado ao palco pelo baixista Nelson Brito e assume o posto no centro do palco. Acompanhado de um violão, o vocalista é efusivamente recebido pelos presentes.Catalau estava visivelmente mais bem disposto nesta apresentação do que naquele reencontro de outubro passado. E isso ficou latente em sua performance e na interação com o público.

 

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

A primeira música com Catalau foi a balada “Olhos de Guerra”, que também contou com a guitarra de Luiz Carlini. O ex-vocalista ainda cantou “Caso Sério” e chamou de volta ao palco João Luiz para dividir o vocal em “Terra de Ninguém”. Brincando com João, Catalau disse que os dois cantando juntos era como se fossem Bob Dylan e Ronnie James Dio, tamanha a diferença entre eles. “Sou só um intérprete”, comentou o primeiro cantor do Golpe. Em “Velha Mistura” a dobradinha foi entre Catalau e Rogério Fernandes, com ambos mostrando grande carinho e respeito um pelo outro.

 

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

A apresentação se aproximava do final quando Andreas Kisser foi convidado para se juntar à banda e tocar junto com o Golpe as músicas “Nem Polícia, Nem Bandido” e “Libertação Feminina”, que encerrou o show.

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

Obviamente que cada apresentação é um evento único, mas peço permissão para dar uma opinião pessoal e dizer que esta foi um tanto mais animada do que aquela em outubro passado. Difícil dizer o que poderia ter influenciado neste sentido, mas talvez houvesse um clima de descontração maior.

Apresentação da banda Golpe de Estado na turnê de comemoração pelos 30 anos de carreira. Gravação do CD ao vivo. Participações especiais de Catalau, Rogério Fernandes, Luiz Carlini e Andreas Kisser. Clash Club, São Paulo/SP * 10/06/2017 * Fotos: Edu Guimarães

Com a atual formação, que além de Nelson Brito e João Luiz conta com o guitarrista Marcello Schevano (também do Carro Bomba) e o baterista Roby Pontes, o Golpe de Estado tem fôlego, carisma e certamente aprovação dos fãs para levar adiante o legado de mais de 30 anos, sem deixar de lado a possibilidade de novidades. Que assim seja.

Notícias · Shows



Deixe seu comentário / Leave your comment





1 User Online
 
ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017