ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017
Website by Joao Duarte - J.Duarte Design - www.jduartedesign.com

JazzNosFundos recebe ensaios de pré-carnaval de blocos paulistanos e shows especiais, a partir desta quinta, 13/2.
Postado em 12 de fevereiro de 2020 @ 23:17 | 130 views


O carnaval se aproxima e o JazzNosFundos não poderia ficar de fora! A casa preparou uma programação de noites especiais para receber shows e blocos paulistanos com repertórios variados. Pra começar, o encontro do Grand Bazaar e a Cumbia Calavera, nesta quinta (13) com performances contagiantes combinadas a releitura instrumental de cumbias clássicas. O Bloco Unidos do Swing realiza o seu esquenta na quarta-feira (19) um dos percussores do carnaval jazz de São Paulo e o aclamado bloco Ilu Obá de Min na quinta feira (27) se une a DJ Evelyn Cristina para homenagear Lia de Itamaracá.

Reconhecida pelas performances contagiantes e pela grande empatia com o público, Grand Bazaar é uma banda festiva, dançante e bem humorada, com influências de música cigana, balcânica, mediterrânea, brasileira, pop e rock. Tem três discos lançados – Grand Bazaar (2014), Grand Bazaar II (2016) e Glória (2018) – que trazem composições autorais (“Canção Tonificante”, “Glória”, “O Tesouro do Grand Marajá”) e releituras de músicas tradicionais, como a cigana “Opa Cupa”; o clássico “Pagode Russo”, de Luiz Gonzaga e “Tunak Tunak Tun”, do cantor de pop indiano Daler Mehndi. A banda é destaque na cena de música independente, com apresentações em festivais importantes e em casas de show por todo o País. Com André Vac (guitarra, bandolim, violino e voz), Pedro Guimarães (sanfona e teclado), Filipe Nader (sax alto), João Batista Brito (sax tenor), Guilherme d’Almeida (baixo) e Gabriel Basile (bateria).

Grupo latino-americano que propõe uma releitura instrumental de cumbias clássicas e que apresenta também composições próprias, a Cumbia Calavera difunde melodias e elementos rítmicos da cumbia chicha, da cumbia colombiana e da música folclórica andina. Formada por integrantes vindos de diversos países – Argentina, Brasil, Chile, Cuba, Togo e Uruguai -, o grupo se apresenta de forma performática, baseada na iconografia da Fiesta de los Muertos do México. Promovendo uma festa atrativa para todas as idades, a Cumbia Calavera celebra a vida e reverencia a morte, derrubando fronteiras e aproximando culturas através da música.

O Bloco Unidos do Swing é um dos precursores do Carnaval Jazz de São Paulo, deixando sua marca no cenário independente da cidade. Na noite de quarta-feira (19), fará o lançamento da música tema que chega às ruas em seu desfile de 2020. A união entre a virtuosidade da era das Big Bands e a potência das Brass Bands de New Orleans revela um novo caminho para pensar nossa música. Nascido há seis anos na capital paulista, o grupo traz esse som para as ruas. O repertório apresenta releituras de clássicos do jazz, permeados de swing brasileiro, com mistura de second line, tradicional jazz, blues, baião, maracatu e música de carnaval. Com Mateus Levy (bumbo), Narayan Pinduca (caixa), Jorge Bento (triton), Chico Toledo (trompete), Matheus Cassimiro (trompete), Rocío Romero (sax soprano), Sara Peper (clarinete), Rafael Mansur Vichi (sax alto), Denizard Basilio (sax tenor), Eudes dos Santos (trombone), Pedro Levy (trombone), Zé Renato Siqueira (tuba), Ricardo Troccoli (guitarra) e Luisa Caetano (voz).

O bloco Ilú Obá de Min apresenta espetáculo, através de suas composições, prestando uma homenagem a Lia de Itamaracá – mulher-peixe que com sua ciranda deságua força e ancestralidade na beira do mar e é patrimônio vivo da cultura pernambucana. A artista é uma mulher negra que tece a história de 75 anos de luta e resistência, dançando, cantando e espalhando alegria com seu poderoso legado na cultura popular brasileira. Nesta apresentação, 12 percussionistas, duas cantoras, uma dançarina e uma regente estarão no palco.

A DJ Evelyn Cristina é responsável pelos toca-discos antes do show. A artista é residente do Coletivo Ilú Obá de Min no projeto Heranças Africanas, com convidados e mestres da cultura afro-brasileira, e, nas sextas-feiras de abertura do Carnaval, nas quais o Bloco assume a região central de São Paulo há pelo menos 15 anos. Seu trabalho propõe intersecções entre as diversas tendências musicais – do lounge, nu-jazz à eletro bossa, do maracatu ao afrobeat. Nesta interatividade, agrega samba rock, samba soul e o melhor da música negra de todos os tempos – 60s, 70s, 80s e 90s.

SERVIÇO

13/2 às 21h – Grand Bazaar e Cumbia Calavera
Rua Cardeal Arcoverde, 742 — Pinheiros, São Paulo/SP
Ingressos: R$25 a R$35
Horário: 21h
Telefone: (11) 3083-5975
Estacionamento (não conveniado): Rua João Moura, 1076
http://jazznosfundos.net/home.php
@jazznosfundos

19/2 às 21h – Carnaval Jazz com Bloco Unidos do Swing
Rua Cardeal Arcoverde, 742 — Pinheiros, São Paulo/SP
Ingressos: R$25 a R$35
Horário: 21h
Telefone: (11) 3083-5975
Estacionamento (não conveniado): Rua João Moura, 1076
http://jazznosfundos.net/home.php
@jazznosfundos

27/2 às 21h – Ilu Obá de Min em Lia de Itamaracá Cirandar entre a Areia e Mar / DJ Evelyn Cristina
Rua Cardeal Arcoverde, 742 — Pinheiros, São Paulo/SP
Ingressos: R$20 a R$40
Horário: 21h
Telefone: (11) 3083-5975
Estacionamento (não conveniado): Rua João Moura, 1076
http://jazznosfundos.net/home.php
@jazznosfundos

Notícias



Deixe seu comentário / Leave your comment





1 User Online
 
ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017