ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017
Website by Joao Duarte - J.Duarte Design - www.jduartedesign.com

Joe LaPorta assina a master do novo disco da Dona Cislene
Postado em 14 de abril de 2017 @ 14:37 | 3.440 views


“Meninos e Leões” é o título do segundo disco da Dona Cislene, cuja hashtag #MELDonaCislene já vem gerando enorme curiosidade entre os fãs da banda, todos muito atuantes nas redes sociais.

 

O quarteto orgulhosamente avisa que a masterização do álbum foi feita por ninguém menos que Joe LaPorta, um renomado engenheiro de som que faz parte da equipe do estúdio nova-iorquino Sterling Sound. LaPortamasterizou o póstumo disco Blackstar, de David Bowie, que ganhou o Grammy de “melhor produção de álbum não clássico”.

 

Mas o engenheiro sênior foi escolhido pela Dona Cislene pelo trabalho com o FooFighters, que é uma das maiores influências do quarteto brasiliense: elemasterizou o disco Wasting Light, que foi indicado ao Grammy de “álbum do ano”, em 2012.

 

“Agradecemos muito por poder trabalhar com um cara que já esteve envolvido em tantos álbuns que a gente se amarra e com tantos ídolos e dinossauros da cena musical mundial. Nunca defendemos que os trabalhos gringos eram melhores que os nacionais, até por conta disso ainda preferimos mixar por aqui, mas o trabalho que o Joe fez na nossa masterização foi coisa de outro mundo. Fez o que não achávamos que seria possível:notamos muito mais brilho em tudo e todos os instrumentos bem aparentes. Não tinha mais aquele lance de “ahhh, as guitarras engoliram um pouco do baixo… ou a voz sumiu quando aumentou as guitarras”. Ficou tudo bem aparente!”, afirma a banda.

 

Outras bandas como: Imagine Dragons, The Killers, Jimmy Page & The Black Browes, DropkickMurphys e muitas outras também já passaram pela mesa de som de Joe LaPorta.

 

O resultado do trabalho do mestre com a Dona Cislene será lançado no dia 28 de abril, quando o disco Meninos e Leões estará disponível em todas as plataformas digitais.

Sobre

 

O bom e velho rock androll nunca deixará de se renovar e de movimentar milhares de jovens enquanto bandas como Dona Cislene estiverem pelos palcos.

 

Atenta na repercussão e no espaço que o quarteto brasiliense vem conquistando nos grandes palcos do Brasil, a agência de entretenimento Motor Records – “movida pela essência dos motores v8” – agregou a Dona Cislene ao seu casting artístico e agora cuida de tudo o que se refere ao grupo, num trabalho 360º.

 

Em 2016, a Dona Cislene abriu o festival Rock Station, em São Paulo, que reuniu 8 mil pessoas e trouxe as lendas do punk/hardcore norte-americano Anti-Flag, DeadKennedys e The Offspring. Outros grandes festivais como o MADA (RN) e João Rock (SP) também contaram com o quarteto em seus lineups.

A bordo de um rock pesado e sem frescuras, o quarteto está finalizando o segundo disco Meninos e Leões, que sairá pela Motor Records em 28 de abril de 2017.

 

Apesar da pouca idade de seus integrantes, a Dona Cislene acumula milhagem suficiente para encarar os desafios entre o underground e o mainstream. Sua música vem impregnada com o DNA do rock candango que fez de Brasília uma referência no cenário musical brasileiro.

 

A união de Bruno Alpino (vocalista), Guilherme de Bem (guitarrista), Pedro Piauí (baixista) e Paulo Sampaio (baterista)faz bastante barulho desde o lançamento do disco de estreia, Um Brinde aos Loucos (Independente, 2014), que foi financiado e bombado pelos fãs nas mídias sociais. Neste disco, a banda extrapola suas influências de garage rock, punk ehardcore melódico.

 

Os anseios de uma jovem banda de rock se refletem nas letras, cheias de responsabilidades, descobrimentos, reflexões, desilusões, amor… O discurso conectado com sua geração catapultou a Dona Cislene por todo o Brasil. São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Bahia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, entre outros estados já receberam o vigor do show dos meninos.

 

O quarteto construiu sua fama no underground brasiliense e chamou a atenção dos conterrâneos veteranos. Hoje a Dona Cislene conta com o apoio de gente como Digão (Raimundos), Dinho Ouro Preto (Capital Inicial) e da banda Natiruts.

 

Em 2015 a Dona Cislene lançou um single com a participação de Dinho e Digão. Firmando a troca de experiências entre gerações do rock calango, saiu a faixa “Ilha”.

 

Em 2016 foi a vez do clipe de “Multipersona”, dirigido por Luringa. A faixa polemizou ao satirizar os shows musicais e curiosamente, o clipe saiu na mesma semana em que estreou o X-Factor Brasil. Assista aqui.

 

 

Sempre com muita positividade, a Dona Cislene está conseguindo gritar o mais alto que pode, colocando um sorriso no rosto de quem alcança.

 

 

www.donacislene.com

Dona Cislene homenageia rock de Brasília”. Rolling Stone Brasil

 

Dona Cislene resgata o rock de Brasília”, MTV Brasil

 

 

 

Facebook: http://www.facebook.com/DonaCisleneOficial
You Tube: https://www.youtube.com/user/DONACISLENEOFICIAL

 

Instagram: @donacisleneoficial
Twitter: @donacislene

Notícias



Deixe seu comentário / Leave your comment





1 User Online
 
ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017