ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017
Website by Joao Duarte - J.Duarte Design - www.jduartedesign.com

Ricardo Vignini lança ebook Ricardo Vignini – Viola Caipira | Partituras | Tablaturas
Postado em 15 de setembro de 2020 @ 23:37 | 153 views


Este livro é uma oportunidade de acesso ao vasto universo criativo de Ricardo Vignini em partituras e tablaturas de 13 composições para viola caipira. Seriam 12, mas a lembrança do apreço que Índio Cachoeira tinha pelos números ímpares nos presenteou com mais uma.

As parcerias acontecem em “Pé Vermelho” com Sérgio Duarte, “Moedão” com Juca Filho e “Um Arame Só (Marimbau Tietê)” com Socorro Lira. Todas estão em versão instrumental, sendo que as letras das duas últimas precedem as respectivas partituras.

Ao revisitar a própria obra, o violeiro — que sempre compôs de forma intuitiva — experimentou dar um formato final a criações com tantas possibilidades de execução. Algumas foram gravadas com mais de 3 arranjos diferentes que, aliás, ele costuma fundir quando sobe no palco, às vezes acompanhado de Guarabyra, Tuia, Zé Helder, Levi Ramiro, e tantos outros parceiros.

A transcrição musical foi realizada por Domingos de Salvi, que também assina esta obra com o selo “Onde mora a Viola”. Nas palavras dele, “Vignini é um cara quase que de outro tempo. Consegue trazer pra viola esse ar mais despojado do rock e do blues, mantendo a questão do manejo de um instrumento moldado a partir da música da cultura caipira.” Como diz Guarabyra, o resultado dessa “alquimia, magicamente, apesar de percorrer um mundão de estradas, [Ricardo] manteve o tempero e o sabor da sonoridade brasileira”.

Da guitarra para a viola, Vignini traz o inusitado uso do Bottleneck, um tubo cilíndrico de metal popularmente conhecido como Slide. Nas músicas “O Bonde dos Fontes” e “Amálgama” a interpretação do autor é mista, mas “Um arame Só (Marimbau Tietê)” é tocada inteiramente com o acessório. O efeito é singular, mas há indicações de como interpretá-las sem Bottleneck.

Quem se entrega a essa alquimia sonora encontra apoio em videoaulas, aulas individuais e nas gravações das músicas, inclusive com versões ao vivo, despertando a percepção de certas nuances impossíveis de serem apreendidas pela escrita musical. A playlist é aberta ao público, e o  ebook é comercializado em 3 pacotes:  1 –  ebook apenas para download, 2 –  ebook + videoaula  e 3 – ebook + videoaula de uma hora e quarenta minutos + uma aula individual online.

Nas palavras de Ricardo Vignini, “Espero que esse livro sirva de inspiração para as pessoas buscarem sua própria identidade, como aconteceu comigo de forma espontânea”. E vale citar mais uma vez a música “Um Arame Só (Marimbau Tietê)”, deixando agora que a letra nos convide: Meu irmão toque aí seu instrumento/ que é pra ver se eu invento novo jeito de tocar/ Numa corda você faz essa sonzeira/ com dez eu animo a feira, se você me ajudar/ Rock, moda de viola/ moda de viola num arame/ só, só, num arame só.

 

FOTOGRAFIAS

Marcelo Macaue

VÍDEO

Rita Perran

PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO

Aline Shinzato

PREFÁCIO

Guarabyra

PARTITURAS E TABLATURAS

Domingos de Salvi

REVISÃO MUSICAL E COORDENAÇÃO GERAL

Domingos de Salvi e Ricardo Vignini

 

Prefácio por Guarabyra Nery Guarabyra

Tempos atrás, um amigo do Paraná pediu que assistisse a um vídeo no Youtube, protagonizado por um violeiro que admirava. Assisti não apenas aquele vídeo, mas a vários clips do violeiro, que me fizeram ficar grudado no computador, hipnotizado por um bom tempo. Meses depois, meu amigo e parceiro Tuia, com quem já partilhava alguns shows, veio me dizer que um violeiro, seu parceiro de longa data, começaria a participar também de nossas apresentações. O leitor já deve ter adivinhado que se tratava do mesmo tocador de viola que passara a admirar meses antes. Coincidência, diriam. Pode ser. Mas já publiquei um livro de ficção em que o Deus do mundo que criei na história era chamado de Grande Acaso. Naquele mundo, acasos não aconteciam por acaso.

Por vezes, acho que, nesse mundo aqui, também não. Quando fiquei sabendo que, no início de sua vida musical, o irmão mais velho, que era guitarrista, por ciúmes e medo que danificasse o instrumento, não permitia que ele, irmão mais novo, dedilhasse sua guitarra, o que o obrigava a tocá-la às escondidas quando o mano não estava em casa, comecei a achar que era mais do que coincidência, já que havia enfrentado idêntico dilema antes de iniciar minha carreira, em relação ao violão de um de meus irmãos, que também tive que tocar escondido. Por isso, digo que já havia escutado o som de nossa amizade antes mesmo de nos conhecermos e de começar a admirá-lo.

Há de tudo para se considerar no toque de Vignini. A originalidade, a técnica, a criatividade, mas antes de tudo a beleza na maneira de expressar o que a alma do instrumento quer transmitir, tocar e falar à alma de quem escuta. É curioso como conseguiu juntar experiências de escolas muito distantes entre si, que vão desde o rock internacional mais pesado às canções mais doces do caipira autêntico brasileiro, e dessa forma, misturando ingredientes que muitos poderiam imaginar que fossem divergentes, criou uma culinária imaginativa e equilibrada, do mesmo modo como os grandes chefes de hoje descobrem mundos novos ao mesclar recursos de diferentes culturas. No caso de Vignini, acrescente-se que o resultado final da alquimia, magicamente, apesar de percorrer um mundão de estradas, manteve o tempero e o sabor da sonoridade brasileira. 

Feliz de quem estuda e pode contar com esse livro de receitas em forma de partituras. Uma ferramenta preciosa de lições provindas de muito experimento e aprendizado. Só não é mais feliz do que eu, que posso aprender no palco e no dia a dia, tanto as lições da música do violeiro quanto de vida desse mais do que precioso amigo.

Obrigado, meu velho, pela amizade e pelo som. Muito sucesso, e espero o meu exemplar autografado no próximo ensaio.

 

 

 

 

Serviço

Ricardo Vignini – Viola Caipira | Partituras | Tablaturas

13 composições para viola solo.

O ebook é comercializado em 3 pacotes, 1 o ebook apenas para download R$60,00, 2 o ebook + videoaula R$100,00 e 3 ebook + videoaula de uma hora e quarenta minutos + uma aula individual online R$150,00 https://linktr.ee/rvignini

Maiores informações no www.ricardovignini.com.br

 

 

 

RICARDO VIGNINI

 

Ricardo Vignini faz parte do duo de violas caipiras Moda de Rock que faz releituras de clássicos do rock, membro fundador do Matuto Moderno que completou 20 anos em 2019, já se apresentou na França, EUA, México, Canadá e Argentina, tocou também com Lenine, Zé Geraldo, Guarabyra, Tavito, Tuia, Renato Teixeira, Índio Cachoeira, Socorro Lira, Katya Teixeira, Pepeu Gomes, Robertinho de Recife, Kiko Loureiro, Andreas Kisser, Edgard Scandurra, Marcos Suzano. Em 2020 já lançou 2 álbuns Reviola em março e Sessões Elétricas Para um Novo Tempo em junho

 

Teaser https://www.youtube.com/watc

Notícias



Deixe seu comentário / Leave your comment





1 User Online
 
ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017