ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017-2021
Website by Joao Duarte - J.Duarte Design - www.jduartedesign.com

Come ToLatinAmerica – Entrevista Coletiva Online – 14/07/22
Postado em 24 de julho de 2022 @ 21:52


Finlândia, onde o metal é levado super a sério!

Por: Vagner Mastropaulo

Agradecimentos a: Marcos Franke (Nuclear Blast South America)

 

Há algo rolando na Finlândia envolvendo nosso estilo musical favorito!Primeiro, esteque vosescreve se deparou com “A Heavy Metal Civilization”, na segunda quinzena de junho, entrea curadoria do In-Edit Brasil, “um filme sobre o heavy metal finlandês, é a história contada por quem fez. Aqui, vários dos maiores nomes do gênero compartilham seus pontos de vista sobre sociedade, religião, política e como uma subcultura underground se tornou um importante embaixador da cultura local”, segundo a sinopse na programação do festival. E o lance é tão sério por lá que o metal é tido “oficialmente como parte de seu patrimônio cultural”. Que inveja!

No mês seguinte, surgiu no inbox deste escribaum e-mail do concurso “Come ToLatinAmerica” [https://www.cometolatinamerica.fi/pt/finalists-pr], na prática, uma votação aberta aosfãs para premiarum dos grupos finalistas, Luna Kills (Helsinki), Where’sMyBible (Heinola) e Noira (Helsinki/Sipoo),com um acordo de distribuição com a Nuclear Blast, através da subsidiária BloodBlast, uma das maiores gravadoras de nicho do mundo e parceira na iniciativa.

Pois bem, a convite de Marcos Franke e da Nuclear Blast South America, participamos da coletiva online sobre a eleição em 14/07, uma quinta-feirabem morna parao inverno paulistano, com os trabalhos começando pontualmente às 18:00, dada a palavra a Niina Fu, idealizadora do projeto, e a Ailton Santos, CEO da Nokia do Brasil e padrinho da seletiva.

Todos os membros do Noira integraram a entrevista, ou seja: a vocalista InkaHalme, o guitarrista OlliKeskinen, o baixista australiano Dorian Logue (incorporando o personagem ao aparecerdevidamente maquiado!) e o baterista Pete Inkinen. Representando o Where’sMyBible, estavam presentes JussiMatilainen(vocal) e Toni Hinkkala(guitarra) – inteiram o quinteto o parceiro de seis cordas, PasiLöfgrén,Jarno Laakkonen(baixo) e TeppoRistola (bateria). Por fim, representavam o Luna Kills, a frontwomanLottaRuutiainen e o guitarrista SamuliPaasineva – o time é completado porLassiPeltonen(baixo) e Dennis Hallbäck (bateria).

Os músicos responderam indagações de treze jornalistas, um número menor em relação a outros bate-papos similares e, desfalcado do colega Samuel Acevedo, normalmente a cargodas traduções em espanhol, todo o trabalho sobrou para o anfitrião Marcão, incluindo em inglês, para quem não dominasse o idioma. Em respeito aos profissionais de imprensa, eis seus nomes e veículos, na ordem das interações: RocíoBelén (ResistanceWebzine– Chile); Sabrina Romero (Truenos Metálicos – Argentina); Pamela Calderón (iRock – Chile); Augusto Hunter (Headbangers News); Fernando Junior (Rock OnStage); JohanaZambrano (Metal World United – Equador); Gustavo Maiato (veículo próprio); César Quilodrán (Ingenieria.Rock – Chile); Karen Mendoza (Hummingbird Press – Colômbia); GabySisti (Efecto Metal – Espanha); Jorge Polito (El Lado Oscuro – Uruguai) e Roy Khamus (Metal Corrosivo – México).

O número de perguntas foi livre e este repórter abriu a rodada mantendo o bom senso ao direcionar duas delas a cada grupo.Só não reparenas respostas curtas dos reservadosJussiMatilainen e Toni Hinkkala, do Where’sMyBible, pois se trata dapersonalidade da dupla, aliada a uma certa dificuldade em se expressar na língua de Shakespeare. Enfim, vamos ao que rolou:

 

Luna Kills

Vagner Mastropaulo:E aí, como vocês estão?

SamuliPaasineva: Oi!

LottaRuutiainen: Bem, obrigada! E você?

Bem! Se fiz minha pesquisa corretamente, vocês dois são primos, certo?

SP: Sim!

LR: Sim, sim! Correto! [risos]

VM: Imaginei a véspera de Natal, toda a família reunida para a ceia e vocês dois num canto fazendo planos para dominar o mundo com a banda!

LR: [gargalhando] Sim! Na verdade, a gente não passou muitos Natais juntos, mas, sim, é claro!

SP: Consigo imaginar isso, sim!

VM: Falando sério, é mais fácil ou mais difícil ter um membro da família na banda?

LR: Acho que, na verdade, é mais fácil.

SP: Sim!

LR: Porque, embora a gente não se dê bem sempre, a gente que não pode se livrar um do outro porque somos da mesma família [risos]. Então acho que é mais fácil e também temos mentes parecidas.

SP: Sim, nós dois tendemos a pensar de modo bem similar sobre as coisas.

VM: Lotta, além de estrelar o clipe de “Here For The Drama” [https://www.youtube.com/watch?v=bTPQs35T2YE], você assinou a direção e fez a filmagem. Eu ficaria bem confuso se tivesse que fazer tudo… Gostaria de saber se isso aconteceu por razões orçamentárias e como você separa as atividades em seu cérebro.

LR: Bem, sim, posso dizer que também fiquei confusa muitas vezes por estar fazendo tantas coisas [risos]. Na verdade, sou fotógrafa e também faço algumas filmagens em minha profissão, então é natural que eu faça os nossos vídeos e obviamente também foi por razões orçamentárias, pois é realmente caro fazer clipes e foi um dos motivos. Na verdade, foi o primeiro clipe que fiz na vida [risos] e acho que ficou ótimo! Às vezes sinto que é muito trabalho quando lido com tudo em nossas redes sociais, a parte visual, essas coisas, mas também é ótimo ter as coisas sob controle.

VM: Ok, obrigado! É isso, por ora.

LR: Obrigada!

VM: Próxima parada, os caras do Where’sMyBible!

 

Where’sMyBible

Vagner Mastropaulo: Como vocês estão?

Toni Hinkkala: Olá!

JussiMatilainen: Estamos bem, obrigado!

VM: Há clipes para as quatro faixas do EP Circle [https://www.youtube.com/watch?v=cahs8c5TbUQ], um para cada capítulo. Eles não foram filmados no mesmo dia, certo?

JM: Não, não! Todos os vídeos nos tomaram vários dias ao longo de um ano.

VM: Vocês poderiam resumir a estória? Ela é dividida em quatro capítulos, sempre com a mesma atriz nos clipes.

JM: Sim, são como vídeos num filme curto e nosso EP é sobre depressão e problemas de saúde mental. Os clipes são sobre uma pessoa passando por uma depressão, do começo ao fim, e a volta toda forma um círculo, pois a vida é um círculo. O EP é sobre coisas assim.

VM: Vocês começaram em 2014, certo?

JM: Sim!

VM: Sintam-se à vontade para discordar, mas tenho a impressão de que vocês são a banda mais experiente entre as três. Isso coloca mais pressão nos ombros para ganhar? Ou não?

JM: Acho que sempre há pressão para fazermos as coisas, em todos os lugares [risos]. Especialmente quando a qualidade é tão alta entre todos, então… Não sei, talvez isso nos faça ir além também.

TK: Sim, gostamos de ser levados adiante!

VM: Ok, obrigado a vocês!

JM: Obrigado!

TK: Obrigado!

 

Noira

Vagner Mastropaulo: Por fim, Noira!E a banda toda está aí!

InkaHalme: Sim!

Pete Inkinen: Olá, Vagner!

VM: Olá, como vocês estão?

IH: Bem, e você?

VM: Tudo bem!Inka, fazendo minha pesquisa, descobri que você já foi uma artista pop numa banda chamada Nimetön –não sei se estou pronunciando o nome corretamente…

IH: Sim, Nimetön!

VM: Gostaria que você nos contasse um pouco sobre essa trajetória e se, no final das contas, isso ajudou ou atrapalhou na transição do pop para o metal. Foi útil ou não?

IH: Bem, sim, estive na banda durante o começo de minha carreira musical. Fiz um álbum com eles [nota: EnJääTuleenMakaamaan (12)] e estávamosnum grande selo, a Universal. Definitivamente nos ajudou porque os contatos na mídia finlandesa foram muito importantes para nós do Noiratambém e eles me reconheceram daquelaépoca. E também pelos elementos pop que você provavelmente pôde ouvir em nossa música: há vibes vindo de lá também. Sim, definitivamente ajudou.

VM: Minha última pergunta na coletiva tem a ver com o clipe de “Parasite” [https://www.youtube.com/watch?v=Ru9KQxjd3Kk]. Fiquei impressionado com sua qualidade e então descobri que vocês têm uma produtora de vídeos, é isso?

IH: Sim [nota: aponta para Pete]!

PI: Sim, a GuiltyVisuals [https://instagram.com/guilty.visuals]. Inka e eu fazemos muitas coisas conjuntamente porque moramos juntos.

IH: E somos casados também! [risos]

VM: Então gostaria que vocês nos falassem um pouco sobre a empresa e o quanto ela os ajuda a filmarem seus próprios vídeos.

IH: Sim, legal que você perguntou, pois somos uma empresa jovem fazendo vídeos. Venho fazendo produção de conteúdo há uns dez anos, animações curtas, na maioria dos casos. Mas aí comecei a me interessar mais por filmagem e fotografia e isso meio que me tirou do que eu fazia esempre gostei de metal.Foi por isso que criamos o Noira e aí consegui combinar estesdois “mundos estranhos”. É uma carga pesada de trabalho fazer todas estas coisas por nós mesmos, mas, ao mesmo tempo, como também disse a Lotta, do Luna Kills, é uma vantagem para nós, pois podemos criar algo como quisermos mostrar a vocês, como nos sentimos e como deveria ser mostrado. Então é definitivamente legal também podermos fazer isso.

VM: Ok, muito obrigado a vocês, ao Luna Kills e ao Where’sMyBible!

PI/IH: Obrigado!

 

Às 20:25, Jules Naveri, coordenador do projeto e vocalista do Rootbrain, fez as despedidas, seguido de GerrardWerron, costumeiramente responsável pelas honras da casa logo no início, desta vez encerrando a conversa.

Você pode ajudar a decidir quem vence a parada acessando o site oficial do Come ToLatinAmerica [https://www.cometolatinamerica.fi/pt/finalists-pr] e votando até 02/08. E aprecie o que cada banda candidata tem a oferecer:

 

Luna Kills

Facebook

https://www.facebook.com/lunakillsband

Instagram

https://www.instagram.com/lunakillsband

 

Here For The Drama [Clipe]

Liar, Liar [Clipe]

Violent Waters [Clipe]

 

Where’s My Bible

Facebook

https://pt-br.facebook.com/wheresmybible

Instagram

https://www.instagram.com/wheresmybible666

 

Chapter I: Escape

Chapter II: Void

Chapter III: Nest

Chapter IV: Origin

 

Noira

Facebook

https://pt-br.facebook.com/callusnoira

Instagram

http://www.instagram.com/callusnoira

 

Parasite [Clipe]

Karma [Lyric Video]

 

E se curtiu o espaço amostral, não custa ampliar o escopo até as outras sete semifinalistas: Blame Me! (Helsinki), Fatal Effect (Oulu), Feastem (Helsinki), Gardenhead (Helsinki), I Revolt (Helsinki), Roju (Helsinki, Turku, Tampere) e Sacred Dimension (Hanko). Divirta-se!

 
ONSTAGE - Official Website - All Rights Reserved 2017-2021